Notícias

23.01.2018

PLS fecha o ano de 2017 com resultados positivos

O Núcleo de Sustentabilidade do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), presidido pela desembargadora Mônica Libânio, desenvolveu no decorrer do ano várias ações do Plano de Logística Sustentável (PLS) que resultaram em economia de recursos e conscientização dos colaboradores sobre o tema da sustentabilidade.

 

Para aprimorar os mecanismos de gestão de custos e o cumprimento de metas do PLS, as comarcas passaram a contar com um instrumento para controlar as despesas das unidades judiciárias, e os resultados verificados foram uma economia de 2,69% no consumo de água, 23,57% no consumo de energia e 2,07% no custo de telefonia.

 

noticia-economia-de-agua-e-luz.jpg
Conscientização sobre o consumo responsável de recursos renováveis e energia é um dos pilares da preservação do meio ambiente

Campanhas viabilizadas graças ao empenho das Comissões de Apoio à Logística Sustentável (Calsus), presentes em 88 comarcas, alcançaram outros resultados importantes no que concerne ao consumo sustentável: a redução de 22% nos gastos com copos plásticos e o remanejamento, através da devolução de itens, de 4,5 mil objetos de papelaria. Essa última iniciativa acarretou uma economia de aproximadamente R$ 27 mil.

notepad.jpg
Para estimular a solidariedade, ação recolheu e redistribuiu material de escritório, evitando desperdício

Frequentemente, soluções simples se revelam brilhantes. Integrante da Calsus em Sete Lagoas, a servidora Valéria Aparecida Fonseca Rosostolato destaca que sedimentar a conscientização socioambiental é tarefa árdua, mas os primeiros passos já estão sendo dados. Um exemplo é a prática sustentável que o setor do Comissariado da Infância e da Juventude da comarca adotou.

 

“Ante a necessidade de reduzir gastos com papel, impressão, telefonemas, postagens e combustível, criamos um grupo no Whatsapp composto pelos comissários voluntários.Com as escalas e convocações para as fiscalizações feitas pelo aplicativo, diminuíram, consideravelmente, os custos com o serviço. No início, muitos não queriam aderir à ideia, mas conseguimos mostrar a praticidade e funcionalidade desse meio de comunicação”, explicou.

 

Reciclagem

 

A parceria firmada com a Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável (Asmare) permite que todo o lixo reciclável descartado nos prédios do TJMG, em Belo Horizonte, seja encaminhado para a associação. A cada mês são recolhidos cerca de 500 mil litros de material reaproveitável, número que corresponde a cerca da metade de todo o lixo descartado.

 

A Semana do Servidor, que teve como tema “Sustentabilidade: Atitudes que Transformam”, contou com uma programação rica para debater o assunto e conscientizar os servidores da importância de cuidar do meio ambiente. Foram palestras, exposições de fotografia, filme e a premiação do concurso “Gente que Faz – Ideias Sustentáveis”.

 

O primeiro lugar foi para Tiago Nogueira Starling, assessor de precatórios da 6ª Câmara Cível, Belo Horizonte, pela ação “Digitalização de ofícios requisitórios para envio a devedores”; o segundo lugar foi para Valdinea Aparecida Perpétuo, oficiala judiciária da Central de Logradouros (Celog), Belo Horizonte, pela ação “Uso consciente do papel”; e o terceiro, para Elenice Mundim Oliveira Silva, oficiala de apoio judicial da 3ª Vara Cível de Araguari, pela ação “Sustentabilidade aplicada na reutilização das capas plásticas”. Veja matéria.

noticia-exposi_ao-sustemtabilidade.jpg
Uma das ações desenvolvidas em 2017 por uma parceria do PLS com a Assessoria de Comunicação do TJMG foi exposição com a temática “Sustentabilidade”, em outubro

 

Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom
Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG

(31) 3306-3920

imprensa@tjmg.jus.br
facebook.com/TJMGoficial/
twitter.com/tjmgoficial
flickr.com/tjmg_oficial